TAP explica expulsão de passageiro de avião esta manhã

Contactada pelo JM, a Transportadora Aérea Portuguesa deu a sua versão dos acontecimentos em torno da expulsão de um passageiro da aeronave que seguiria logo ao início da manhã do Funchal para o Porto.

Eis a nota enviada pelo Gabinete de Comunicação da companhia:

"No voo Funchal-Porto TP1710, já com o embarque realizado e com as portas do avião fechadas, um passageiro solicitou informações sobre o atraso do voo, que estava relacionado com nevoeiro e baixa visibilidade no aeroporto de chegada, no Porto. Este pedido foi feito em crescendo no volume de voz e de forma injuriosa para a tripulação e para a própria TAP, perturbando os restantes passageiros e levantando possíveis questões de segurança.

A tripulação chamou a PSP para que o passageiro fosse desembarcado, o que se veio a verificar, seguindo o procedimento definido para estas situações."