Familiares continuam à procura de mulher desaparecida há mais de um mês

Continua em parte incerta Fátima Costa, mulher que foi dada como desaparecida há mais de um mês.



No passado dia 19 de dezembro, Fátima Costa, natural da África do Sul, saiu da sua residência, situada na rua das Maravilhas, abaixo da rotunda da Cruz de Carvalho, nas imediações do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, e nunca mais foi vista.




O JM recebeu um pedido por parte do padre Nélio Mendonça, da paróquia da Sagrada Família, que, a pedido dos familiares, apela a quem tiver visto Fátima Costa ou quem tenha alguma informação relativa ao seu paradeiro que entre em contacto com a PSP (291 208 400) ou com a família (910 986 574).