Gato gravemente ferido nos Canhas é resgatado por associação que aponta culpas à autarquia local

Romina Barreto

A associação 'Ajuda a Alimentar Cães' recorreu à sua página institucional, no facebook, para informar que resgataram um gato abandonado na freguesia dos Canhas, em zona de mato e que estava ferido.

Mais informam que no decorrer do dia de ontem, tentaram, por diversas vezes, acionar os meios municipais, os quais já estariam a tratar do assunto, para resgatar o animal.

No entanto, o que motiva a indignação desta associação foi o facto de, ao longo de todo o dia de ontem, a autarquia não ter efetivamente resgatado o animal, o qual, informam, já estaria no local desde a noite de domingo. A associação garante mesmo ter recebido a informação que os meios municipais iriam proceder ao resgate até ao final do dia de ontem.

Segundo esta mesma associação, também a Provedoria do Animal foi contactada de forma a solucionar o problema, encetando contactos com a autarquia e bombeiros de forma a agilizar a situação.

Contudo, o animal acabou por ser recolhido por esta associação, gravemente ferido, a qual agora atira culpas à autarquia.

"Adivinhem quem é que no final do dia ainda permanecia no local em sofrimento e a rastejar. Adivinhem qual foi a Câmara Municipal que não fez absolutamente nada. Adivinhem quem é que o foi salvar", declaram na mesma publicação.

"O Canhas [nome do animal] está neste momento no Hospital Veterinário da Madeira à responsabilidade da Associação Ajuda a Alimentar e o estado de saúde é grave. Não sabemos como é que vamos suportar estes tratamentos", informam.