Tripulante do Caniçal trazido para terra de urgência

O Capitão do Porto do Funchal, em articulação com o Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC IP-RAM), coordenou durante a tarde de ontem, o acompanhamento de um alerta de emergência médica de um tripulante da embarcação de pesca "Porto Franco".

A vítima de 54 anos, residente no Caniçal, foi sujeita de imediato a triagem médica pela equipa do Serviço de Emergência Médica Regional (SEMER - EMIR), que face ao quadro clínico identificado, foi aconselhado o regresso da embarcação ao porto do Caniçal, devidamente acompanhada por uma embarcação salva-vidas da Associação Madeirense para o Socorro do Mar (SANAS Madeira).

Nesta ação foi empenhada, de acordo com o protocolo de cooperação entre a Marinha, a Autoridade Marítima Nacional e a Associação Madeirense para o Socorro no Mar, a embarcação salva-vidas da SANAS Madeira (SANAS105), em cumprimento do Plano Integrado de Salvamento Marítimo da Região Autónoma da Madeira.

O desembarque ocorreu pelas 15h28 no cais do porto do Caniçal, onde aguardava uma equipa de emergência pré-hospitalar dos Bombeiros Municipais de Machico, previamente ativada pelo Serviço Regional de Proteção Civil.

A vítima foi evacuada para o Centro de Saúde de Machico.

O Comando-local da Polícia Marítima do Funchal tomou conta da ocorrência.