Praticante de parapente despenhou-se no Paul do Mar e foi resgatado sete horas depois

Catarina Gouveia

Um praticante de parapente de nacionalidade alemã despenhou-se na tarde desta terça-feira na escarpa sobranceira ao Paul do Mar e apenas foi resgatado durante esta madrugada.

Os Bombeiros Voluntários da Calheta foram alertados para a ocorrência às 17h49 de ontem e mobilizaram para o local 16 elementos e cinco viaturas.

O parapentista ficou preso numa zona de difícil acesso, pelo que os bombeiros apenas conseguiram alcança-lo de madrugada. De acordo com fonte da corporação, a delicada operação de resgate terminou por volta da 1h30 da manhã.

O indivíduo encontrava-se bem, sem ferimentos, recusando-se assim a ser transportado para o centro de saúde.