Veja como agente da PSP evitou morte por afogamento na Ponta do Sol (com vídeo)

Daniel Faria

Na tarde do dia 22, um polícia da PSP conseguiu evitar a morte por afogamento de uma das duas vítimas que se encontravam no mar da Ponta do Sol.

A notícia avançada pelo JM na ocasião, valeu hoje uma publicação da PSP nas redes sociais.

"Este Polícia, ao saber que um cidadão havia sido arrastado do cais por uma onda e se encontrava em grande dificuldade, encontrando-se já a mais de 100 metros da costa, lançou-se em seu socorro numa prancha de Stand Up Paddle (SUP). Apesar das condições adversas, com ondulação intensa, correntes e vento fortes, o Polícia conseguiu chegar até à vítima, colocá-la na prancha e garantir a sua evacuação até terra", pode ler-se na publicação.

Na mesma publicação, é referido ainda que "uma outra pessoa, que havia tentado igualmente prestar socorro com recurso a uma embarcação turística Gaivota, foi arrastado pela corrente até 800 metros da costa e perdeu o controlo da embarcação, que afundou. Foi igualmente socorrido pelos Bombeiros Voluntários (Ribeira Brava e Ponta do Sol) e autoridades marítimas, contactados por outros Polícias que chegaram ao cais".

A PSP saudou assim "orgulhosamente a coragem e atitude do Sr. Agente Principal Gilberto Lopes, da Esquadra da Ponta do Sol - Divisão Policial de Câmara de Lobos".