Notícia JM: PJ em Santana à procura da arma do crime

Elementos da Polícia Judiciária procuram a arma de fogo nas imediações da casa onde ocorreu o duplo homicídio esta noite

A Polícia Judiciária continua em Santana em averiguações no interior e nas imediações da casa onde ocorreu o duplo homicídio esta noite.

Aparentemente terá sido usada uma caçadeira, mas a arma não foi encontrada. 

Desde o início da manhã que elementos da PJ passam a pente fino tanto a moradia como os terrenos à volta.

Esta noite, a pacatez da cidade foi interrompida pelo aparato de viaturas dos bombeiros, da PSP e da EMIR. 

Um homem de aproximadamente 50 anos foi entretanto detido e foram confirmadas duas mortes: a mãe e a irmã do suspeito. O pai também foi atingido na face e está internado na Unidade de Cuidados Intensivos do hospital dr. Nélio Mendonça.

Os corpos das vítimas mortais e do ferido grave foram encontrados pelo irmão e um sobrinho do suspeito. O homem foi detido pouco depois no bar 'Contradições', perto do cemitério de Santana.

Miguel Silva, Iolanda Chaves e Joana Sousa