PSP chamada a casa com animais a viver sem condições na Cancela

A associação Ajuda a Alimentar Cães pediu, esta segunda-feira, a intervenção da Polícia de Segurança Pública (PSP) numa moradia na Cancela onde, por duas vezes, desde janeiro, foram encontrados vários animais a viver sem condições de higiene.

A associação recorda que “em janeiro a Ajuda a Alimentar Cães encontrou cães adultos e recém-nascidos a viver sem condições de higiene numa propriedade privada na Cancela”, e que na altura foi decidido que iriam ajudar o tutor a limpar aquele espaço.

Na altura foi pedida “a colaboração da Câmara Municipal do Funchal para fazerem a retirada de uma mãe e dos bebés recém-nascidos encontrados no local e assim o fizeram. A outra fêmea que ficou no local ficou sinalizada pela Câmara para ser esterilizada com urgência. Ficou o compromisso do tutor, a partir desse dia, limpar todos os dias o local”, acrescenta a associação.

Ontem, a Ajuda Alimentar Cães regressou ao local e o que encontraram “foi surpreendente”: “A cadela que tinha sido sinalizada para ser esterilizada pela Câmara foi esquecida e estava hoje com 8 bebés. O espaço que deveria ser limpo não estava”, contam.

A associação chamou a PSP ao local e informou via chamada telefónica uma das veterinárias da Câmara Municipal do Funchal para esta situação. “Apesar de não termos uma sede, de termos 19 animais na clínica a lutar pela vida e apesar de nem sabermos como vamos pagar tantos tratamentos, fizemos a retirada dos oito bebés”, refere ainda a mesma publicação nas redes sociais.

“A Associação Ajuda a Alimentar Cães comprometeu-se, com muita dificuldade, a desparasitar, chipar todos os bebés e esterilizar todas estas fêmeas aos 6 meses. É o nosso compromisso para com todos os animais que chegam às nossas mãos. As despesas que teremos com estes bebés rondarão os 510€”.

A Ajuda Alimentar Cães acrescenta que “ficou o compromisso, via chamada telefónica, da Câmara Municipal do Funchal ir ao local ainda esta semana buscar a mamã para ser esterilizada”.

O caso ficou sinalizado pela PSP e pela Câmara Municipal do Funchal, sendo que a associação espera que estas entidades “resolvam esta situação com a maior brevidade”.

Veja a publicação na íntegra:


Em Janeiro a Associação Ajuda a Alimentar Cães encontrou cães adultos e recém-nascidos a viver sem condições de higiene...

Posted by Ajuda a Alimentar Cães on Monday, 14 September 2020