José do Carmo será o único candidato a reitor

O atual reitor, José do Carmo, deverá concorrer sozinho ao cargo de reitor da Universidade da Madeira. Margarida Pocinho, que liderou a lista que concorreu com a do atual reitor para o Conselho Geral (onde obteve dois mandatos) disse ontem ao JM que não será candidata, nem ninguém da sua lista.


Ontem, através de comunicado, o Conselho Geral da Universidade da Madeira anunciou que deliberou abrir concurso público para o cargo de reitor, para o mandato 2017-2021, cujas candidaturas decorrem de 16 de janeiro a 14 de fevereiro.
Margarida Pocinho é que não estará nessa corrida e, apesar de o concurso ser internacional, a verdade é que tudo indica que José do Carmo será o único candidato, até porque já detém a maioria no Conselho Geral.
A professora universitária diz que colaborará com o futuro reitor, esperando que o mesmo contribua para o progresso científico e para o desenvolvimento da Universidade da Madeira. De qualquer forma, estará no Conselho Geral, nas audições de candidatos, para «fazer as perguntas certas».
A audição pública dos candidatos será presidida pelo presidente do Conselho Geral, Francisco Fernandes, e terá lugar no auditório do Colégio dos Jesuítas, no dia 20 de fevereiro, a partir das 09h00.
O Conselho Geral decidiu ainda atribuir um voto de louvor a Francisco Costa, presidente cessante deste órgão de governo da Instituição.