O Ministério Público (MP) acusou um homem e uma mulher de terem abusado sexualmente várias vezes de uma criança com deficiência durante o ano de 2015, indicou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).