Presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting não se recandidata

O presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar (CDF) do Sporting, Jorge Bacelar Gouveia, anunciou hoje que não será candidato a qualquer órgão social do clube nas eleições marcadas para 04 de março.

“Amanhã [quinta-feira] presidirei à última reunião do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do Sporting Clube de Portugal deste mandato do quadriénio 2013-2017, não sendo candidato a qualquer órgão social do clube nas eleições”, refere, em comunicado, Bacelar Gouveia.

O ainda presidente do CFD considera que, ao longo de quatro anos, o organismo ajudou na reestruturação do clube.

“Volvidos quatro anos, estou em crer que não os desiludimos e foi muito o que se fez, melhor ou menos bem: colaboração na reestruturação financeira do Clube, à beira da falência; acompanhamento constante da atividade financeira do Clube, pela emissão dos pareceres sobre contas e orçamentos; aconselhamento no processo da auditoria de gestão referente às duas últimas décadas”, destaca.

Bacelar Gouveia, que não aponta o motivo que o leva a não integrar qualquer lista, deixa vários agradecimentos pessoais, entre os quais aos presidente do clube e da Assembleia-Geral, Bruno de Carvalho e Jaime Marta Soares, respetivamente.

Bruno de Carvalho, presidente do clube desde 2013, já manifestou intenção de se recandidatar às eleições marcadas para 04 de março. Pedro Madeira Rodrigues é, até ao momento, o único adversário do atual líder do emblema ‘leonino’.

Há quase quatro anos, Bruno de Carvalho venceu as eleições com 53,36% dos votos, impondo-se a José Couceiro, que obteve 45,35% e a Carlos Severino, que conseguiu 1,02%.

Lusa